Musicoterapia

Sabia que a melhor terapia anti-estresse é o uso de música?

Principalmente quando se fala em animais e medo de barulhos. Um modo muito certeiro de combater o medo e estresse por fogos de artifício, por exemplo, é deixandoo animal num cômodo fechado, dentro de casa, com música ambiente, de modo que o som chame a atenção do animal, isto é, deixar alto o suficiente para o pet se distrair. Você pode usar música clássica, mas o próprio Rock ou o Pop são ótimos, principalmente se estivermos jundo com os animais. A bem da verdade, o animal seguirá sua reação à música, praticamente em uns 85% dos casos. Os outros 15%, até pode seguir um instinto próprio de gosto, o qual, você ouvindo vários estilos de música, perceberá que o seu pet prefere.

Músicas alegres e dançantes contagiam com alegria e segurança o meio. Ainda mais que, quando ouvimos músicas que gostamos, costumamos dançar e/ou cantar. Essa alegria traz aos animais a segurança de que estão seguros. Por isso, é uma ótima terapia, também!

Se você acostumar seu pet a sempre ouvir música, desde filhote, seja qual for o tipo, o animal sempre associará a algo bom. Essa é a melhor parte da terapia. Essa positividade e alegria que a música traz, junto à sensação de paz e segurança.

Mas não associe o animal uivar ou choramingar, com gostar! Normalmente, quando gostam, os animais ficam como se estivessem querendo brincar, abanando a calda e com aquela carinha tranquila ou feliz de que quer “aprontar”. Em suma, ele está agindo como de costume. Se as orelhas estiverem voltadas para cima e ele uivar, certamente, a música não está sendo do gosto dele. Orelhas deitavas, voltadas para trás é que mostram que os cães estão relaxados. Do contrário, estão atentos a algo ou alguém, em sinal de alerta.

Aqui no LPResort, principalmente no Reveillon, quando percebemos fogos de artifício na região, mesmo que mais de longe, alguns hóspedes, segundo seus pais humanos, têm medo. Para evitar qualquer estresse, colocamos Rádio tocando Rock’n roll, num volume que os animais nem percebam os fogos.
Ficamos junto aos hóspedes, cantarolando e dando muita atenção a eles, que passam o tempo bem descontraídos e sem perceber qualquer som que possa estar vindo de fora.

Aromaterapia

Outra terapia alternativa que gosto muito de usar, que é ligada ao animal também se sentir bem tranquilo, é a Aromaterapia.

Quem é que não gosta de um cheiro suave e agradável no ar? E vindo de óleos essenciais, elaborados a partir de plantas com capacidade terapêutica, sempre garantem ótimos resultados, desde que usados os seguros para os animais, claro!

Assim, além de estresse, também podemos lidar com outros tipos de problemas, como medo, insegurança, falta de apetite, melhorar a qualidade respiratória, entre outros comportamentos e sintomas. Com a Aromaterapia no ambiente, os animais inclusive brincam mais e depois, relaxam e descansam bem gostoso, o que garante mais energia para as futuras brincadeiras e atividades que oferecemos aos hóspedes.

Também utilizo a aromaterapia por ervas, o que garante o mesmo efeito dos óleos essenciais, mas de forma menos concentrada.

Mas atenção: como já comentado acima, NEM TODOS os óleos essenciais E ervas podem ser usados em animais em Aromaterapia. Há os que são tóxicos. Por isso, somente profissionais Veterinários, que, como eu, tem conhecimento nisso, podem trabalhar a Aromaterapia em animais.

 

Voltar Início